Atividades Diárias

Amor, empatia, solidariedade... A gente vê por aqui!

  • Data: 18/07/2019

Quem poderia imaginar que uma ideia nascida tão pequenina, dentro de uma sala de aula, fruto da vontade de ajudar de jovens do 2º Ano do Ensino Médio, iria se transformar em algo tão grande e renovador? Do que estamos falando? Do Projeto Renova Vidas, cujo último “ato” deste primeiro espetáculo foi realizado na quinta-feira, 11 de julho, quando as moças e rapazes de todo o Ensino Médio foram ao Asilo dos Idosos entregar as doações arrecadas durante um pouco mais de um mês de campanha.

Vamos “rebobinar” um pouco a fita para que você, leitor, possa entender direitinho o começo, meio e fim dessa bonita história.

“Nosso projeto começou simples e na sala do 2º Ano. Os alunos me propuseram fazer uma gincana com o objetivo de arrecadar doações para instituição de caridade. Achei bacana a ideia e dias depois vimos a divulgação da equipe do Asilo dos Idosos solicitando doações. Naquele momento, decidimos quem iríamos ajudar e resolvemos também ampliar o movimento. E assim nasceu o Renova Vidas, que ganhou o pleno apoio da escola e foi abraçado também pelas turmas doo 1º e 3º Ano”, conta a professora de Língua Portuguesa, Giselle Casotti.

Foi assim que o Renova Vidas ganhou em repercussão, ideias e muito empenho. 

Dentro do projeto, os alunos, sempre na companhia de Giselle, recolheram garrafas pet descartáveis para confeccionarem pufs que foram doados ao asilo; criaram uma conta no Instagram (@renova_vidas) para divulgar o movimento; e se envolveram numa campanha ainda maior para arrecadar as doações. Foi daí, por exemplo, que surgiu a ideia do ingresso solidário do Sábado Cultural – quem quisesse, podia levar nos dois dias de festa um quilo de alimento não-perecível. Outra ação realizada durante o Sábado Cultural foi a caixa que ficou na entrada da escola e recebeu cartas e bilhetes que foram levados aos idosos no dia da visita.

E assim, então, chegamos ao dia 11 de julho. As doações conseguidas lotaram os bagageiros de dois ônibus e deixaram até os motoristas encantados com o tamanho da ação. Além da vontade de ajudar e do montante doado, o grupo chegou ao asilo com tudo organizado para realizar um bingo e guloseimas para um lanche da tarde. Foi a própria Giselle quem ligou para lá e descobriu o que eles mais gostavam de fazer.

“Conseguimos montar duas cestas, uma de beleza e outra de guloseimas, para dar de brinde no bingo. E o lanche também foi ótimo! Tudo feito à base de doações, da escola, dos professores, dos alunos e dos amigos e parceiros que embarcaram conosco nessa campanha”.

E lembra das cartas e bilhetes depositados na caixa, no dia doo Sábado Cultural? Cada aluno ficou responsável por ler uma para um idoso.

“Foi um sucesso! Tudo! As arrecadações, o bingo, o lanche, o momento da leitura das cartas... E emocionante também! Não teve um aluno que não se emocionou. E posso garantir também que ninguém voltou para casa, depois daquela visita, da mesma forma que entrou”, comentou a professora.

E já que o que é bom tem que ser mantido, Giselle já confirmou que o projeto continua. Na volta do recesso escolar, eles vão pensar nos “próximos atos” e já têm em mente até as novas instituições a serem ajudadas: Apae e Casa de Passagem.